Possibilidades de Alterações nos Graus da Escala e Algumas de suas Implicações

Alterações podem ser efetuadas em qualquer função sendo mais comuns na tônica, Dominante e Subdominante ou, em outras palavras, todos os graus de uma escala são passíveis de alterações em suas construções acordais, ao mesmo tempo em que as tríades podem ser acrescidas de notas, transformando-se em acordes de 9ª, 11ª, 13ª, enriquecendo-se sobre maneira o discurso musical.

Alteração na 3ª do acorde

1. Quando um acorde menor tem sua 3ª alterada ascendentemente, transforma-se num acorde maior, com características funcionais do acorde de Dominante (V grau), e sua resolução geralmente é a mais comum.

2. Quando um acorde maior tem sua 3ª alterada descendentemente, transforma-se num acorde menor (como por exemplo o V grau do modo maior), constituindo um II grau, ou IV grau, consoante a tonalidade e o desenrolar do discurso.

Nota: Como podemos observar, o acorde de Dominante está completo (fund., 3ª, 5ª e 7ª) e resolveu no acorde de Tônica também completo. Isto é possível quando a sensível está em uma das vozes intermediárias, podendo caminhar para a 5ª do acorde de tônica.

Aula 14

Aula 16